GR11 – E9 Itinerário Principal Trafaria-Fonte da Telha

GR11 – E9 Itinerário Principal Trafaria-Fonte da Telha

O Percurso

Este é um percurso linear ao longo da frente atlântica do concelho de Almada integrado na Grande Rota Europeia E9 «Caminho da Costa Atlântica». Liga duas vilas ribeirinhas banhadas pelo rio Tejo, a norte, à Reserva Botânica da Mata dos Medos, a sul, atravessando diferentes paisagens.
O percurso pode ser feito em qualquer um dos sentidos. No extremo norte, o itinerário principal (Trafaria-Fonte da Telha) oferece uma derivação para Porto Brandão. Trafaria e Porto Brandão permitem a ligação a Lisboa através de barco e destacam-se pelo pitoresco dos seus núcleos urbanos, gastronomia e simpatia das suas gentes.
Para sul, a rota acompanha o topo da Arriba Fóssil da Costa da Caparica, uma antiga arriba costeira que hoje está protegida da erosão marinha. Dos diversos miradouros poderá desfrutar de amplas vistas sobre o Atlântico que se estendem até Sintra e ao Cabo Espichel, cobrindo a extensa linha de praias, as dunas, os pinhais da charneca e os campos agrícolas na planície costeira.
A não perder a visita ao Convento dos Capuchos, património histórico do século XVI, recuperado, e que hoje acolhe diversos eventos culturais.
A cidade da Costa da Caparica oferece igualmente uma gastronomia única, zonas comerciais, espaços de lazer e animação noturna.
Para sul do IC20 atravessa a Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica, uma área classificada em 1984 pelo interesse científico e paisagístico desta formação geológica e dos seus valores naturais e culturais.
Junto à Descida das Vacas (Praia do Rei), inicia-se a Reserva Botânica da Mata dos Medos, uma Mata Nacional com uma biodiversidade ímpar e espécies únicas.

Informações úteis:

Tipo de Percurso: Pedestre

Extensão: 17 km

Duração aproximada: 5h

Grau de Dificuldade: Média

Época Aconselhada: Todo o ano, principalmente na primavera, outono e inverno

Recomendações:
- Antes de iniciar a caminhada, informe sempre alguém de qual o percurso que irá fazer e quando pretende começar;
- Certifique-se de que possui o equipamento adequado e os mantimentos necessários;
- Siga apenas pelos trilhos sinalizados, não utilize atalhos;
- Evite barulhos e atitudes que perturbem a paz local;
- Observe a fauna à distância e não danifique a flora;
- Deposite o lixo nos locais apropriados;
- Respeite a propriedade privada;
- Atenção à aproximação a ravinas, já que o solo é instável e pode haver risco de queda;
- Na zona sul do percurso poderá encontrar cães vadios no interior da Mata dos Medos. Não se aproxime e tome as devidas precauções;
- Não faça lume.